Procrastinação se tornou um assunto fonte de milhares de artigos. Todos adoram falar sobre como parar de procrastinar. Existem centenas de dicas e técnicas para “vencermos” a procrastinação.

Quem nunca procrastinou que atire a primeira pedra!

Pretendo nesse artigo resolver as seguintes questões:

  • Como parar de procrastinar?
  • O que me faz procrastinar?
  • Como posso alcançar meu objetivo se deixo tudo para depois?

Nesse artigo vou apresentar minha melhor e mais poderosa dica para combater a procrastinação. Essa dica funciona com tudo. Você poderá até não gostar, mas se experimentar, vai concordar que ELA é MUITO PODEROSA!

Para quem não sabe o que é procrastinação: Procrastinar é o ato de postergar, deixar para depois. O famoso “amanhã eu faço isso” ou “segunda eu começa aquilo”.

Procrastinadores

Faremos Isso Amanhã!

O fato é, todos nós procrastinamos! Isso não tem solução, ou melhor, não tem uma solução absoluta. Existem várias técnicas e ações que ajudam a minimizar o efeito (Eu nunca conheci alguém que não procrastina!).

Um erro muito comum que anda de mãos dadas com a procrastinação  que pode ser facilmente resolvido é tentar buscar a perfeição em tudo que faz. Acredite: ISSO TRAVA TUDO!

Muitas pessoas não se tornam grandes empreendedores, não conquistam seu emprego dos sonhos ou não alcançam seu peso ideal por causa da busca pela perfeição.

Quem busca a perfeição encontra a estagnação.

Quando você busca a perfeição, ou então, espera estar pronto o bastante para fazer alguma coisa, você esta indo contra o principio da conquista e da ação. Onde o primeiro objetivo a focar deve ser o de conquistar pequenas vitórias e sempre entregar alguma coisa, mesmo que seja alguma coisa apenas suficientemente boa. Independente da qualidade do que você entrega, a partir do momento que faz isso, as coisas começam a acontecer.

A melhor dica entre dezenas que já vi sobre como vencer a procrastinação é buscar o suficientemente bom, não a perfeição.

Porque o “suficientemente bom” é melhor?

Simples. Melhor terminar suficientemente bem cinco tarefas do que perder o dia — e a paciência — tentando buscar a perfeição em uma.

Experimente se fazer a seguinte pergunta quando estar para começar uma tarefa:

  • Qual resultado seria considerado suficientemente bom?

Use a resposta desta pergunta como meta para terminar sua tarefa. Não faça nada mais nem nada a menos. Apenas o suficientemente bom!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *