Orlistat: Vale a pena? Ou é enganação?

Quem nunca sonhou com uma cápsula mágica que pudesse fazer você emagrecer que atire a primeira pedra. Entra ano e sai ano e nós estamos lá lutando contra a perda de peso. Mas a verdade é que nem sempre dá certo. Então chegou no mercado o bendito Orlistat.

Uns dizem que este é um remédio perigoso para sua saúde, já outros dizem que causa depressão e outros problemas. E tem também que diga que ele foi um divisor de água nas suas vidas. Mas a pergunta que fica é: “Orlistat vale a pena?”.

Sendo assim hoje eu reservei um tempinho especial para explicar um pouco mais sobre estas cápsulas contraditórias. Vamos conferir?

Já ia me esquecendo, veremos que o Orlistat quase não tem contra indicações, mas é sempre crucial conversar com seu médico antes para saber se você pode usar o medicamento, ok?

Orlistat funciona?

Antes de tudo você precisa entender que o este não é exatamente um medicamento. Mas um inibidor das enzimas lipases que são responsáveis por absorver a gordura ingerida. Assim sempre que você fizer uma refeição vai ter próximo de um terço ou até mais da gordura ingerida sendo jogada fora.

Isto tudo de uma maneira bastante eficaz e rápida. Algumas pessoas chegam a perder mais de um quilo por semana sem a necessidade de exercícios. Então é seguro dizer que ainda que você não perca tanto peso ao menos deixou de ganhar mais.

Em si o medicamento não costuma apresentar grandes riscos, mas é bom consultar a bula e o seu médico. E diferente dos medicamentos que são supressores do apetite você não irá desenvolver efeitos colaterais psicológicos.

Normalmente o que pode acontecer é você ter uma leve carência de vitaminas lipossolúveis que podem ser repostas com suplementos. As cápsulas também não se enquadram em um tipo de fitoterápico, ou seja, elas são compostas de produtos químicos não naturais.

Seu valor é bastante acessível, e normalmente o tratamento para um mês custa cerca de 100 reais. Tudo vai depender da quantidade de refeições que você faz ao dia, pois é necessário uma cápsula para cada.

Problemas

Bom, além do fato de que algumas vitaminas podem ser encontradas em carência você também vai correr o risco de ter situações um pouco constrangedoras. Vamos raciocinar, você come gordura que deveria ser emulsificada, mas que não é.

Como resultado várias poças de óleo se juntam no seu intestino e são um pouco difíceis de se reter. Então quem não se cuida pode acabar tendo acidentes quando esse óleo tentar sair. Muito provavelmente por conta da flatulência que acompanha o processo.

Ou seja, se sentir que precisa expelir substâncias gasosas, vá ao banheiro, é um conselho sábio. Não que seja fácil você ter um acidente, mas é bom evitar.

Conclusão

Existem sim alguns problemas diretamente relacionados ao orlistat, mas ele é definitivamente um dos emagrecedores mais eficazes do mercado. Sem tirar que é um dos que menos apresenta efeitos colaterais.

Ter uma dieta saudável enquanto consome as cápsulas é o ideal. Pois como dissemos ali atrás este é um componente que consegue eliminar em média 30% da gordura ingerida. Os outros 70% ainda vão ser aproveitados pelo seu corpo.

Por isso ignorar essa faixa é um perigo. Fazer exercícios é fundamental para fechar o pacote. Assim você aumenta o nível metabólico e a capacidade de queima de gordura no corpo.

No mais é um dos tratamentos mais seguros e baratos que você irá encontrar por aí. Espero ter te ajudado nesta caminhada. Quaisquer dúvidas estou à disposição para responder aqui nos comentários, ok?

Um grande abraço e muita saúde para você, não deixe de conferir mais artigos como esse acessando nosso blog.