Adestrador de cães: entenda sua função

O adestrador de cães é um profissional que já se tornou indispensável na sociedade atual, principalmente porque a maioria das pessoas tem pet e nem sempre o comportamento deles é o mais adequado. Inclusive, a julgar pelo amor que grande parte das pessoas no mundo todo têm pelos animais, é muito provável que esse profissional se torne mais procurado ainda.

As razões para alguém apostar no adestramento de cães são variadas. Em alguns casos, há clientes que acham bonito quando os pets sabem fazer truques variados, como escolher determinado objeto baseado em um comando, ficar de pé, passar por argolas, etc. Aliás, há treinamento para cachorro voltado a preparar esses animais para competições.

 

Como adestrar um cachorro – supervisão de um adestrador é fundamental

 

É claro que muita gente tenta adestrar os seus cachorros por conta própria, mas isso não costuma dar muito certo. Isso porque apenas o adestrador experiente sabe a postura, os comandos e as técnicas necessárias para que um pet, independentemente da sua raça ou idade, aprenda o que se quer ensinar a ele.

Por outro lado, contando com a ajuda do adestrador, aprender como educar um cachorro não é difícil. Basta que o tutor e demais pessoas que têm contato com o animal mantenham-se firmes, ainda que haja vontade de mimar o cão ou de relevar ações que possam parecer fofas ou engraçadas, mas que podem se tornar um problema mais para frente.

 

Perfil de um bom adestrador de cães

 

O profissional realmente qualificado para oferecer adestramento de cães é aquele que fez um curso na área. Não é obrigatório que ele seja um veterinário ou que tenha algum curso superior, mas é indispensável que ele tenha feito aulas práticas e que ele conheça as principais características da personalidade de cada raça.

Esse indivíduo deve se limitar ao adestramento de cães, ou seja, ao ensinamento dos comandos necessários para que o animal faça determinada coisa. Sendo assim, não e da sua competência indicar qualquer tipo de medicamento, a menos que ele também tenha formação superior como veterinário.

Quem trabalha como adestrador de cães precisa ter bastante amor por esses animais e paciência com eles. Dessa forma, o cliente que procura por um adestrador deve ficar atento à forma como ele lida com o pet: insultos ou atitudes bruscas com os animais deixa claro que ele não é uma pessoa indicada para aquele trabalho.

 

Quando chamar um adestrador?

 

Nem sempre as pessoas reconhecem que vivem situações que demandam um treinamento para cachorro; além disso, há quem considere que esse tipo de serviço é um luxo e não algo necessário.

No entanto, o trabalho do adestrador coopera para deixar o pet mais calmo, melhorar a harmonia no ambiente e até a saúde. Algumas das situações que justificam a procura por um adestrador são as seguintes:

 

  • Cachorro manuseando insistentemente suas próprias fezes;
  • Cachorro que faz cocô ou xixi em lugares inadequados;
  • Cachorros que são muito possessivos com seus territórios, brinquedos e dono;
  • Cachorro que destrói coisas.

Gostou deste post? Leia mais sobre em nosso Blog.